segunda-feira, março 24

Europa 2013 / Parte 2 - Portugal

Continuando meu roteiro de viagem, depois de contar um pouquinho sobre a parcela parisiense da viagem, é hora de falar de Portugal!
A expectativa era grande em relação a Portugal, já que nenhum de nós (eu e meus pais) tínhamos ido lá antes. Dito isso, preparem-se para um post bem grandinho, generoso em fotos e adjetivos.
A viagem de Portugal foi dividida em duas partes; Porto e Lisboa. Em Porto ficamos no apartamento da minha vó, (ela está fazendo quase que um tour pela Europa dando aulas de arte e sua mais recente acomodação foi em Portugal). Porem, dado os meros 4 dias que ficaríamos em Porto, ninguém queria se acomodar e o jeito foi rasgar a sola dos sapatos batendo muita perna mesmo.
Eu recomendo dar um passeio pelo porto da cidade, só pra aquecer. A vista do rio é linda e essa área é cheia de restaurantes e pequenos cafés de frente pra água. Não precisa nem dizer que andar por lá no horário do por do sol é divino né? Além disso, é super engraçado ver as roupas penduradas nas varadas das casas. Minha mãe detesta, mas eu acho uma graça! Hahaha Ahh, e pra quem animar uma outra ideia bacana é pegar um dos "cruzeiros" (pois é, lá eles chamam assim! hahaha) e fazer esse passeio via marítima. Já vou avisando que é uma oportunidade perfeita pra tirar fotos da cidade de ângulos impossíveis de capturar de qualquer outra maneira.
Um pouco mais pro centro da cidade tem a Rua de Santa Catarina, onde tem a Galeria Palladium (shopping bacaninha pra matar tempo, tem H&M, Kiko - falarei mais sobre ela em outro post - e Sunglass Hut, mas não é indispensável) e o Café Majestic. Agora paremos um momento pra falar desse café que é possivelmente um dos lugares mais esteticamente bonitos que vi nessa viagem. Era apaixonante. E não era apenas a decoração que era fenomenal, a comida não ficava muito atrás (comi nada mais nada menos que a melhor rabanada da minha vida lá, se forem não esqueçam de pedir! Ela é toda diferente da que estamos acostumados aqui no Brasil, tem nozes e uma calda de açucar com canela por cima, não da pra colocar em palavras!). Definitivamente um dos lugares que mais marcaram presença para mim em Porto. Não. Tem. Como. Não. Passar. Lá.
Pras minhas companheiras de sacola também preciso contar da Bershka, uma fast fashion espanhola cuje uma das filiais portuguesas ficam logo em frente ao Majestic. Ela é super pra frentex e tem uma modelagem incrível pra vestidos. Todo mundo deveria entrar pra conhecer (e levar pelo menos uma pecinha! hahaha).
 Lindo demais né? Só arrependi de não ter tirado mais fotos.
 Olha ela aí; a melhor rabanada do universo (provavelmente)
Voltando um pouco pro meio gastronômico, o restaurante Shis é o creme de la creme da cozinha de Porto. Confesso que quando fomos acabamos la por acaso, mas depois descobrimos que este é um dos restaurantes mais respeitados da cidade. Ele fica localizado dentro da praia, então nem precisa falar que tem uma vista inacreditável. E a comida, meu Deus, inesquecível. Se for passar por Porto e tiver apenas um dia pra desfrutar a cidade, recomendo gasta-lo todo por lá.
Vista de cima da varanda do restaurante. Era praticamente como almoçar com os pés na areia. 
São em momentos como esse que eu me arrependo de usar hipérboles tão casualmente, porque agora quando eu disser que essa foi uma das 5 (5? É, pode ser 5) melhores coisas que já comi na minha vida como vocês vão acreditar?
Prato do papai (macarrão negro com camarão); eu provei um pouco e tava uma delícia, mas não tanto quanto meu filé de robalo hahaha
Outro pro time de melhores da minha vida, a sangria de frutas vermelhas de lá. Acho que Portugal foi uma grande descoberta gastronômica pra mim, tive experiências culinárias incomparáveis lá!
O bacana de Porto é que ela fica a mais ou menos 1 horinha de trem da maioria das pequenas cidades históricas, incluindo Coimbra e, mais importante ainda, Guimarães, que foi onde a nação portuguesa "começou". E quer saber? A cidade é uma fofura, cheia de ruelas de pedra, comidas gostosas, doces caseiros, castelos e torres, gente simpática e natureza bem verde. Precisa de mais? A cidade inteira é uma forte recomendação. 
Além dela, fomos tanto à cidade de Fátima, onde fica o santuário de Nossa Senhora de Fátima e à Vila de Sintra, onde fica o Castelo dos Mouros e o Palacio Nacional de Pena, uma das várias acomodações da família real portuguesa na antiguidade. Ambas ficam a apenas algumas poucas horinhas de Lisboa, logo, foram as ultimas cidades que visitamos na viagem. 
Se tratando de Fátima, é uma ótima visita pra quem se interessa pela história do milagre, além de que a energia do lugar é fantástica. Mas além disso não tem muito o que fazer por lá. No dia que fomos nós apenas visitamos o santuário e fizemos algumas comprinhas nas lojinhas de souvenirs (escapulários, imagens, essas coisas). 
 Mãe linda que eu amo demais
Nem tem o que falar gente, é muito amor! ♥♥♥
Já o Palacio Nacional de Pena, esse eu não quero nem saber, todo mundo tem que ir e ponto! O castelo fica no topo do vilarejo de Sintra, que por si só já é um charme. Nele o que mais me encantou foi o Café da Saudade, cuja torta de frutas vermelhas é absolutamente e definitivamente uma coisa de outro mundo! Hahaha... Algumas fotos e muitos, muitos cafés depois nós finalmente subimos em direção ao castelo. A subida é extremamente ingrime e complicada, mas tudo vale a pena no final. Afinal, o que você espera de um castelo cujo caminho apenas já é de tirar o folego? Perfeição pura com muita madeira e inspiração moura! Tirei algumas fotos tanto de dentro quanto de fora e já digo de antemão, é de cair o queixo!
 Olha a arquitetura do lugar gente! Inspiração árabe muito forte.
Olha o trabalho do entalhamento de madeira! Nem da pra acreditar né? 
Nem irei me estender muito sobre Lisboa em si porque, pra ser sincera, passei muito pouco tempo na cidade e não conheci muita coisa (pra falar a verdade nem senti muita vontade, sabe aquela cidade com a qual você não tem aquela conexão?). As únicas coisas que realmente me chamaram atenção foram a) A Única Fábrica dos Pastéis de Belém, cuje o nome super auto-explicativo carrega anos de história e tradição fazendo os melhores e únicos pastéis de Belém do mundo (depois que você prova eles o resto é tudo pastel de nata hahaha) e b) mais uma vez, as atrações que se encontram próximas ao porto da cidade. Lembram do Mercado de Natal sobre o qual eu falei no post passado? Então, la rola tipo um também; menor e mais concentrado, mas com churros que só Pero Vaz de Caminha pra explicar mesmo.

Depois de Fátima nossa estadia em Portugal havia acabado, e com ela a viagem inteira também. Depois disso pegamos um voo de volta para Paris, onde ficamos mais um dia ou dois e finalmente voltamos pro Brasil após 21 dias de muito jat lag. Foi uma viagem fantástica da qual nunca me esquecerei! Amei tudinho dela e, se for pra me perguntar, voltaria pro dia 1 num estalar de dedos! Hahaha... Agora o jeito é curtir a nostalgia e já começar a planejar a próxima! Sugestões?

7 comentários:

  1. Apenas um comentário. Há apenas ruínas do Castelo dos Mouros em Sintra. O palácio que você visitou chama-se Palácio Nacional da Pena, e é considerado o "castelo de contos de fadas" português. A sua inspiração não é apenas moura. O palácio é uma mistura de vários estilos: neogótico, neomanuelino, neo-islâmico, neo-renascentista. O palácio foi construído no século XIX e essa mistura de estilos foi totalmente intencional.

    Quase todo o Palácio assenta em enormes rochedos, e a mistura de estilos que ostenta (neogótico, neomanuelino, neo-islâmico, neo-renascentista, com outras sugestões artísticas como a indiana) é verdadeiramente intencional, na medida em que a mentalidade romântica do século XIX dedicava um fascínio invulgar ao exotismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo (senti falta do nome, chamar de anônimo é tão impessoal haha), antes de tudo obrigada pela correção. Esses posts da viagem foram feitos muito de memória, ou seja, as vezes acontecem umas erratas tipo essa. Já corrigi o post e, mais uma vez, obrigada pela atenção :)
      Beijos

      Excluir
  2. Do Palácio da Pena dá para ver as ruínas do Castelo dos Mouros... ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, o que é aquela vistaaaa?!?!?!?! Lindo demais aquilo meu Deus! Hahaha
      Beijos

      Excluir
  3. Que delicia ... Lugares lindos ...

    Bjs ♥
    http://www.vintagefashion.com.br
    http://www.bijouxvintagefashion.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São lindos mesmo Aline! Que bom que gostou :)
      Beijos

      Excluir
  4. Minha família é portuguesa, meus avós ainda moram lá e eu nunca fui em Portugal, acredita? Amei as dicas, e me deu muita vontade de ir, pela primeira vez hahaha
    Beijos ;)

    ResponderExcluir

Esse espaço aqui é de vocês meninas! Comentei, perguntem, conversem, tricotem... pode fazer de tudo menos falar mal da blogueira hahaha :)
Beijos!