quinta-feira, março 27

La Vie En: Gold Coast - Australia (por Juliana Costa) #1

Como de praxe na minha idade, muitas pessoas passam pela experiência do intercâmbio, o que torna as despedidas um pouco mais recorrentes do que deveriam ser (graças a Deus Whatsapp e FaceTime estão ai pra isso! hahaha). Minha amiga Juliana, por exemplo, é super near and dear to my heart e, quando eu menos previa, a doida aparece vestida de alegria falando que vai se mudar pra Austrália! Baita choque né?
Despedidas e choros a parte, tive a ideia de convida-la para contar um pouco mais dessa aventura no blog (tipo fazer limonada do limão mesmo haha), abordando assuntos como cultura, moda, gastronomia, estilo, curiosidades e vários outros temas relacionados ao estilo de vida dela lá do outro lado do Hemisfério.
A partir de hoje, sempre que der vou publicar aqui a coluna da Ju, com escritos dela sobre essa jornada. Vai dizer que a ideia não foi top? Hahaha... E mil beijos pra Juzinha linda que topou fazer essa colaboração com o blog! Sabia que ela foi uma das pessoas que mais me apoiaram pra voltar? Amiga parceira é parceira até mesmo em outro continente!
Oi gente, meu nome é Juliana Costa e tenho 15 anos. Sou de Brasília mas atualmente estou morando em Gold Coast, na Austrália. Vários não devem conhecer, mas posso dizer que aqui é o melhor lugar do mundo. Estou aqui a pedido da minha queridíssima amiga Teddy (muitaaas saudades dela), para escrever um pouco do meu intercâmbio.Intercâmbio é um assunto pelo qual todo mundo se interessa, pois sabe que é uma experiência e tanto que se leva para a vida toda. Mesmo assim, a maioria das pessoas tem um certo medo de fazer essa mudança, pois é natural ficar inseguro com o que você não conhece. Por isso estou aqui, para contar um pouco mais sobre a minha vida aqui; como o comportamento, pessoas, moda, comida e muito mais. Meu intercâmbio infelizmente vai ser só de 6 meses(parece bastante, mas o tempo aqui voaa!), nem imagino como vai ser para eu voltar e ainda ter que me mudar. Depois daqui, eu vou diretamente para Washington D.C., nos Estados Unidos. Meu pai foi transferido para lá e descobri apenas 1 mês antes de vir para cá. Imagina ter que se despedir de todos os seus amigos, escola, e vida que eu nunca tinha mudado, por 2 anos. Realmente não foi fácil, mas sei que foi apenas o começo da melhor experiência da minha vida.Minha história para vir para cá foi emocionante (parecia mais que tinha alguma maldição, tudo dava errado kkk, desde convencer o meu pai, até a escola em que era o meu sonho estudar não tinha mais vaga, mas no final tudo deu certo). Primeiramente, eu decidi vir para cá muito em cima da hora, pois tinha medo de vir mas sabia que se não fosse então, eu não teria outra oportunidade e me arrependeria muito no futuro. Fui minha primeira vez na STB(agência de intercâmbio) em outubro, e fechei tudo em novembro. Nesse meio termo, não tinha contado para ninguém, ia ser uma grande surpresa para todos os meus amigos. Estava super ansiosa mas do mesmo jeito com medo, olhava todo dia meu “Day Counter” para ver se chegava logo. O tempo passou e me vi no aeroporto, 3 horas da manha, tendo que me despedir da minha cidade, algumas amigas e pais, que eu demoraria a ver. Pensava que ia me acabar de chorar lá, mas estava todo mundo feliz e se distraindo mas só foi eu passar os portões, olhar para trás e não ver mais ninguém que a primeira lágrima escorreu pelo meu rosto. Estava sozinha no avião, pois ia encontrar com meu grupo somente em Santiago no Chile. Depois que as milhares horas de avião passaram(21 horas em uma cadeira ninguém merece) cheguei em Sydney e tudo já era bom. Conheci vários intercambistas de todo o Brasil que iam para diferentes cidades na Austrália e estavam passando pela mesma situação que eu. De lá para cá tudo tem ficado ainda melhor, vou contar para vocês cada detalhe depois.A primeira coisa que você percebe quando chega num país diferente para morar é o choque cultural, o que é bem normal. Mas com o tempo você se acostuma e tudo fica mais fácil. Você começa a fazer amigos novos(que eu já sei que vou levar para vida toda) na escola e fora, e sempre vão ter os brasileiros que vão te fazer se sentir em casa, pois estão em todo lugar kkkk. Para completar o post para não ficar tão cansativo(tenho a mesma mania da Teddy, começo a falar e nunca paro), aqui estão algumas das minhas primeiras fotos aqui, e de Gold Coast.
Falo para todos os meus amigos virem para cá, pois vale muito a pena.  Falando nisso, como o tempo passa rápido quando você gosta do lugar, me lembro do dia em que cheguei aqui como se fosse ontem. Ai que vem aquela frase bem clichê que todo mundo fala; aproveite cada minuto que você tem, pois a única coisa que você não pode fazer é voltar no tempo. Então é isso gente, espero que tenham gostado e futuramente voltarei para falar um pouco mais sobre aqui. Se vocês quiserem me acompanhar no Instagram (@JulianaVCosta), posto várias fotos daqui. Qualquer coisa é só perguntar. Beijoos, Ju. 
Fofa demais né? To doida pra ver o que ela vai trazer pra gente no próximo post! E fiquem ligadas porque as surpresas não param por aqui. Dica: A Ju não é minha única amiga que está atualmente morando fora do Brasil... Vão pensando aí que mais tarde eu mato a charada! Hahaha

Um comentário:

  1. Fiz um intercâmbio com 14 anos, foram só 3 meses em NY mas foram os mais divertidos ever hahaha imagino o quanto a Ju (oi intimidade) deve estar amando tudo haja é muita novidade, novo país, nova língua, cultura... Sem contar as responsabilidades que normalmente a gente não tem e lá passa a ter! Mas vale super a pena! Tirando a saudade de casa, da familia, dos amigos (eu morria de saudade do meu quarto também, mas OK hahaha) tudo é muito mágico e emocionante! Meu próximo intercambio vai ser pra Espanha no fim do ano pra estudar espanhol e faz parte do currículo da faculdade, to contando os dias!!
    Beijos, amei a coluna! :)

    ResponderExcluir

Esse espaço aqui é de vocês meninas! Comentei, perguntem, conversem, tricotem... pode fazer de tudo menos falar mal da blogueira hahaha :)
Beijos!