terça-feira, maio 27

Red Carpet: Festival de Cinema de Cannes, 2014

De acordo com o regulamento do evento, a proposta do festival de Cannes é, abre aspas, encorajar o desenvolvimento de todas as formas da arte cinematográfica, bem como criar e manter um espírito de colaboração entre todos os países produtores de filmes. Entretanto, de acordo com o mundo da moda e afins (incluindo os aficionados por celebridades e outras vertentes), o festival tem como um dos principais objetivos fazer centenas de atrizes do mundo todo se virarem nos trinta pra estarem lindas, impecáveis e fashionistas durante todos os grandes eventos que acontecem nessas semanas. E bota evento nisso!: é premiere daquilo, premiação disso, baile daquilo outro... Um festerêrê sem fim que vai dos affairs mais casuais até o black tie nosso de cada dia. 
Juntei vários dos meus looks preferidos de todos esses eventos que rolaram nas semanas do festival e fiz um master-red carpet com as produções mais "aparecidas" das personalidades mais relevantes. Se prepara que a lista é longa e os adjetivos são muitos!

Rosie Huntington: Sempre outro nível né? Perfeita de tudo, eu (quase) sempre amo os looks da Rosie, mas vira e mexe sinto que a veia minimalista dela prejudicando algumas produções. Ou vai dizer que esse Gucci não ia ficar bem mais espetacular de acompanhado de uma master jóia? Quem sabe um super colar ou até um maxi brinco se ela não quiser cobrir esssa clavículas-magreza-pura-na-cara-das-recalcadas #minhaalmaporumasaboneteira.  
Jessica Chastain: Apesar de meio Daphne, acho que lilás foi feito pra ser usado em ruivas tipo a Jessica. Tava diva, deusa grega e muito fina, só não vi graça na sandália estilo vovó meat stripper.  
Sharon Stone: 3 palavras: Perdi. O. Respeito. Vulgar doesn´t even begin to describe! Esse vestido devia estar recebendo notas de 5 dólares em Las Vegas e não sendo fotografado em escala global em Cannes! Esperava mais de você Sharon.
Natasha Poly: Não fazia ideia de quem era essa modelo russa mas depois desse Oscar de La Renta nunca mais esquecerei. Linda! Classuda! Chique! Jovial! Dos pés a cabeça, amei esse look com todo meu coração. 
Kendall Jenner: 2 coisas fazendo a fama da Kendall por ai: 1) o nome Kardashian, que ela não leva mas que definitivamente leva ela a muitos lugares e 2) o estilo bizarro e a total falta de noção pros looks do red carpet. Posso estar sendo até dura demais com ela nos comentários, mas sendo da família que ela é eu simplesmente não perdôo erros. Afinal, é toda a produção, dinheiro e stylists capacitados do mundo em cima disso e nem assim ela nos apresenta um bom look? Tinha que estar sempre entre as mais bem vestidas, mas até agora só foram decepções. Vou terminar por aqui porque não consegui pensar em uma metáfora bacana que descrevesse esse vestido por completo. É feio e ponto, fica por isso mesmo. 
Julianne Moore: Pra provar que invencionisse, 9 entre 10 vezes, da problema. Porque. Não. Usar. Um. MF. Vestido? Não, não, tem que ser hipster, ousada, deshcollada, tem que combinar uma camisa de couro marrom com uma saia de cetim estampada e ainda dar aquela arrematada com um cintinho preto marcando a cintura. Nenhuma das peças é bonita por si só e o conjunto da obra é de dar pena. Julianne merecia mais.
Adriana Lima: Orgulho verde-amarelo batendo forte! Nossas divas arrasaram muito em Cannes! Menos Adriana Lima. Ta, não que ela não tenha arrasado, mas poxa, ela já é uma uber model internacional, ela já é queridinha dos flashes, ela já é conhecida no circuito mundial, ela devia ter impressionado mais! O vestido é bonito em sua essência, mas sem graça, não é aquele vestido que para o show sabe? Estava esperando algo assim... Expectativas afundadas. 
Taís Araujo: Normalmente eu não gosto do que as atrizes brasileiras vestem nos festivais internacionais, mas dessa vez parece que a demanda foi grande e a produção também! Não sei se isso tem relação com a Copa, dado que os olhos estão todos virados para terras tupiniquins e, pela primeira vez, as brasileiras ganharam destaque um pouco maior na mídia cinematográfica. De qualquer maneira, fiquei super satisfeita com o look delas, especialmente o da Taís, que estava radiando alegria de branco. As jóias, o cabelo e a beleza conversaram super bem com esse modelo e compuseram uma produção harmônica, que funcionava super bem de qualquer ângulo. Porque a gente até vê as brasileirinhas arrasando nas escolhas de vestidos, mas o conjunto da obra que parece ser sempre um dos maiores problemas, e eu digo uma coisa: não em Cannes 2014, meu amor.  
Grazi Massafera: Ta vendo esse olhar? Esse é o olhar "eu tenho plena consciência do quanto eu arraso e mais ainda do quanto você se sente inferior a mim", e devia mesmo gente, porque sério, melhor que isso não fica. Dizer que a Grazi TOMBOU com as gringas é muito pouco... Eu só não queria ta perto dela nas fotos hahaha
Cate Blanchett: E é assim, senhoras e senhoras que uma vencedora do Oscar se veste pra um evento exclusivo da Chopard. Não existem no Aurélio palavras que descrevam a perfeição que é Cate Blanchett nese Valentino todo bordado a mão. Pensando seriamente em vender a minha alma em vinte e cinco prestações pra botar as mãos nele. 
Nicole Kidman: Qualquer coisa que venha depois de Cate-rainha-do-cosmos já vai estar em desvantagem, principalmente se a "coisa" em questão for Nicole Kidman em um Armani no mínimo duvidoso. Não me levem a mal, eu acho ela a feição da riqueza, mas quando a gente tem que ver 5 fotos com zoom pra decidir se gosta do vestido é porque ele definitivamente não deveria ter sido nem cogitado, quanto mais usado e fotografado. Esperava mais, mas ao mesmo tempo essa não é a primeira vez que Nicole decepciona.  
Blake Lively: Parou com isso né? Chega, acabou, não tem mais graça essa brincadeira de ser perfeita em todos os momentos de todos os tapetes vermelhos. Sério gente, ela não erra uma! Blake deveria abrir um cursinho de como lacrar nos red carpets porque honestamente, o corpo dela nesse Chanel não é coisa de Deus não... Ela conseguiu pegar um vestido esquisitinho de uma coleção péssima e transforma-lo em item de desejo mundial! Aplausos de pé galera, essa merece. 
Léa Seydoux: A queridinha de Cannes, assim como várias outras atrizes, foi na onda do terninho e, com o perdão do trocadilho, foi muito bem sucedida em sua escolha. Não sei se a decisão da cor também foi uma brincadeira, dado que o filme que a colocou no mapa, se chama, em sua tradução "Azul é a cor mais quente". Coincidência ou marketing, talvez nós nunca saibamos, mas que Léa estava linda, chic e muito francesa, isso ela estava. 
Chloe Moretz: Acho ela uma fofa, e, da cintura pra cima, o look é também. A produção é uma mistura de dois looks desfilados recentemente pela Chanel, mas a calça foi realmente uma escolha infeliz. Com uma sainha rodada (e sem o elástico bege no braço, pelo amor de Karl) esse look teria sido hit total. 
Jennifer Lawrence: Cropped + sainha é a escolha perfeita pra premieres mais casuais, mas não existe nada de perfeito nessa produção. Nem o tecido, nem o corte, nem a cor favorecerem as peças, e essa estampa na blusa, da um tempo né? Conjuntinho mais esquisito, feinho e sem graça dos últimos tempos.
Zoe Saldana: Amei! Como não né? Uma daquelas escolhas certeiras que agrada 99% da população. Não mudaria nadinha. 
Cara Delevigne: Vejo isso e só consigo focar em como a Cara está com pernas de pata nesse vestido. Também, só tem por onde; nesse tecido rígido, nesse comprimento indeciso (nem curto o suficiente para ser mini, nem longo o suficiente para ser lápis) e nessa abertura ampla, não tinha como não ressaltar a finura. Resumindo, uma escolha muito muito muito errada que conseguiu uma coisa muito difícil, ela sendo enfeiar o corpo de Cara Delevigne.  
Marion Cotillard: A francesinha mais amada do cinema moderno também não fez muito bonito. Pra começo de conversa os bordados do vestido parecerem terem sido feitos por alunos da pré-escola com cola Prit e a bota, o que falar da bota? Completamente fora de contexto. Eu até gosto da ideia de um vestido mais estruturado acompanhado de salto abotinado, mas nesse look realmente não tem o que gostar.
Foram dias bem agitados esses em Cannes, mas acho que consegui cobrir o que teve de mais marcante! Como um todo, acho que todos temos que concordar que Blake Lively levou o troféu de musa do festival esse ano, arrasou em todas! Nossas brasileirissímas também não fizeram feio e Cate Blanchett também não decepcionou. No time das piores, ressalto Cara Delevigne e Kendall Jenner, pois apesar de Julianne Moore ter errado feio no look acima ela se redimiu de Chanel (ok, tava meio "ave" demais, mas já é um progresso).
É sempre maravilhoso acompanhar o festival de Cannes, é como um red carpet ininterrupto de duas semanas! Ficamos aqui na espera do próximo e, como sempre, de olho pra ver o que as famosas vão usar no próximo tapete vermelho.

4 comentários:

  1. Teddy você tem que fazer a Larissa Pontes voltar a blogar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela parou né? Vou mandar uma mensagem no insta dela! Também sinto falta do London Hit :(
      Beijos!

      Excluir
  2. Adoro o seu jeito de escrever, morro de rir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, obrigada! Fico super feliz de saber :)
      Beijos!

      Excluir

Esse espaço aqui é de vocês meninas! Comentei, perguntem, conversem, tricotem... pode fazer de tudo menos falar mal da blogueira hahaha :)
Beijos!