segunda-feira, julho 7

As "piores" tendências de todos os tempos

Danger! Danger! O título desse post, apesar de perigoso e levemente genérico, não podia sintetizar melhor o assunto de hoje; as piores tendências de todos os tempos (o "na minha opinião" fica subentendido, claro). Alguns deles eu confesso que eu aderi tempo ou outro, mas o pecado já foi pago e não há vergonha nisso hahaha #recordaréviver. Certeza vocês vão se identificar com esses momentos de fraqueza e soltar um "Vish, essa aí sou eu em 2003!" Hahaha
Lembro da época em que a minha pirada preferida do circuito fashion, Vivianne Westwood, soltou sua veia ambientalista dizendo que amava usar sandálias com meias grossas pois era uma maneira simples e prática de otimizar sapatos "de verão" para serem usados o ano todo (lembrando que a ruiva é da terra da rainha, onde não rola sair com os pézitos desprotegidos quando a temperatura começa a cair). Eu era muito inocente e achei tanto a iniciativa quanto a tendência lindas. Hoje, não consigo ver fotos de streetstyle desse modismo sem fazer associações diretas com desleixo e falta de higiene (não sei porque, só vem). Desse eu estou oficialmente curada. 

Mais um estilista que induziu tendências vagabas pra cima de mim. Sorry Marc, mas só uma eu de 13 anos mesmo pra cair na onda da sombra amarela do seu desfile Inverno 2010. O lado reconfortante? Editores de beleza, gurus da maquiagem e tudo quanto é tipo de entendido do assunto também gamou. Shame on all of us, galera!

Se você não é a) número 1 das paradas quebrando recordes no BillBoard ou b) angel da VS indo pra uma festa a fantasia não existe motivo para usar as miseráveis das hot pants. É um choque chegar a essa realização, pois quando a moda estourou eu caí de amores. Mas a dura verdade é que, para seres humanos que tem coxas e orgulho próprio, a "calcinha glamourizada" não te leva a muitos lugares.

Essa é unânime! Não existe alma viva que aprove as calças saruel, o que existe é muita gente que se diz "amante da moda" e afins (tipo a blogueira que vos fala sabe?) mas que na verdade já teve uma saruelzinha no armário. Em minha defesa, ela completou seu tempo de vida sem ser usada, mas que rolou a compra, isso rolou.

Com a tal da clog eu não me satisfiz. Não comprei um, mas dois modelos diferentes crente que ia sair por ai divando estilo desfile da Chanel. Foi um baita de um frisson que elas causaram né? Tudo quanto era blog, revista, jornal e tablóide comentava as polêmicas clogs. Ai esse Karl e suas falsas promessas... Resultado: usei apenas uma delas uma vez e escondo a cara só de lembrar.

Olha, eu amo moda californiana. Já falei por aqui que sou obcecada por tudo que tenha o mais leve toque de West Coast e blá blá blá... Mas tudo tem limite, e a linha do meu se arrasta até onde aparecem os creepers. Esses "sapatênis com salto" podem até unir conforto + aqueles centímetros extras mais que necessários, mas não ta valendo pagar o preço. É uma versão hipster dos tênis plataforma estilo anos 90 a lá Spice Girls (pausa para refluxo), ou, pior que eles, os saltos agulha com formato de AllStar. Acho que essa foram três em uma.

Admito com todo o orgulho do mundo que, se eu não usei, eu pelo menos quis muito aderir a todas as tendências acima. Sim, orgulho, pois somos humanos, humanos cometem erros e, se forem espertos, não os cometerão novamente. E vivemos todas assim, perseguindo o sonho de chegar a uma época de nossas vidas cujas fotos tiradas não causarão vergonha alheia nos álbuns de família do futuro hahaha.

3 comentários:

  1. putssss eu graças a nossasenhoradobomsenso nao aderi a nenhum desses modismos, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha, eu não posso dizer o mesmo, mas graças a Deus atualmente minha consciência está bem forte haha
      Beijos Lea!

      Excluir
  2. É uma besteira falar tal coisa, muitas tendências combinam com o seu estilo e muitas não, e só porque seu estilo não casou com elas não quer dizer que elas sejam ruins ou feias, existem milhares de looks bonitos com tudo que você citou. Se você não teve as caras para usar sem ligar pro que os outros pensam (ex: homens não gostam de saruel), apenas não reclame dos outros que usam.

    ResponderExcluir

Esse espaço aqui é de vocês meninas! Comentei, perguntem, conversem, tricotem... pode fazer de tudo menos falar mal da blogueira hahaha :)
Beijos!