terça-feira, agosto 5

Playlist #6 (Oldies)

Vira e mexe tenho o seguinte fragmento de conversa com minhas amigas: "Nossa, hoje fui escutar The Bay do Metronomy, lembrei tanto das nossas férias, da festa da Fulana, de quando a Siclana tava aqui...". Naturalmente, elas respondem "Uai, mas eu não conheço essa música, tava tocando no rádio?". E eu eloquentemente coloco, "Não não, ninguém conhece muito, é porque era a música que eu mais escutava na época". E dentro da minha loucura, elas me entendem. 
Porque tem músicas que, querendo ou não, levam a gente de volta, né? Músicas que marcam uma época, uma pessoa, uma fase na nossa vida... Vocês sabem que sou uma pessoa perigosamente nostálgica, logo, era apenas uma questão de tempo até a playlist-rainha-da-nostalgia-musical dar as caras por aqui. Tenho certeza que todo mundo vai se identificar!

Ayo Technology - 50 Cent feat. Justin Timberlake 
Os anos dois mil foram definitivamente marcados pela explosão dos rappers nas rádios. Eu super curto rap, e hoje vejo que esse amor todo definitivamente foi fermentado durante esse período de desenvolvimento do meu gosto musical. Além de Candy Shop, a música do gênio 50 Cent (responsável por introduzir meninas de 12 anos ao mundo do rap desde meados dos anos noventa) que mais marcou essa época pra mim foi Ayo Technology. Ao lado de um Justin Timberlake super novinho, Cent fez dessa música um enorme hit. Não tinha uma rádio que não tocava! Vasculhando pela bibliografia do JT ano passado, esbarrei nesse tesouro e tive de baixar. As lembranças de uma eu de nove anos pedindo pro meu motorista botar "o som na caixa" vieram borbulhando.

Your Love is A Lie - Simple Plan 
Sem querer desmerecer a banda nem nada, mas eu acredito que noventa e nove por cento da galera que comparece a um show do Simple Plan está, na verdade, comprando um ingresso pro concerto de memórias que vive por trás das músicas da banda. Não tem jeito, Simple Plan é nostalgia garantida. Outro dia escutando a rádio esbarro em "Your Love is a Lie" tocando e não consigo acreditar no que estou escutando. Sabe aquela música que parece que esteve hibernando durante os últimos anos na sua cabeça, mas quando toca você sabe a letra de cor. Foi download imediato.

How To Save a Life -The Fray  
The Fray sempre será uma banda de impacto emocional. Mesmo sem lembranças nítidas de uma desilusão amorosa ou um de coração partido, parece que a melodia das músicas dessa banda já trazem aquele sentimento, mesmo não vivido, de frustração no amor. Engraçado que, a maior lembrança que tenho do The Fray é o filme Diário de uma Princesa, não sei porque. Disso já da pra ter uma noção da minha idade na época de How to Save a Life né? Posso ter descoberto a banda naquela época, mas definitivamente, a minha paixão por The Fray é de agora.

Sundown - Chris Lake   
História engraçada; não sei como, não se quando, não sei onde, não sei a quanto tempo atrás, mas recentemente escutei Sundown tocando na rádio e aquele estranho sentimento de "eu conheço essa música!" veio acompanhado de um estranho e absoluto conhecimento da letra cantada por Chris Lake. Se me atrevo a um chute, diria que essa era uma das faixas de algum dos novecentos e trinta e sete Summer Eletrohits (mais sobre esse divisor de águas da minha vida logo). Bom, mesmo com essa origem pouco determinada eu ainda escolho esse hit em vários dos meus momentos pré balada. Aperta o play e vê se não pilha!

Savin Me - Nickeback
Mais uma banda pra lista das que vez o máximo sucesso em sua época, mas que hoje vive mais dos frutos do passado do que das inovações do futuro. Nicleback é uma das minhas bandas favoritas, sem mais, porém a música deles mais recente que tenho no meu iPod é de meados de 2009. Dentre os hits que coleciono na minha pasta do NB, Savin Me é definitivamente o mais melancólico, nostálgico e eternamente adorado por todos. Bota pra tocar um remix desse song numa festa de adolescentes de 12 a 18 anos, a galera vai ter um flashback bem pesado! Hahaha

Wall to Wall - Chris Brown 
Voltando rapidinho pro mundo do rap, não tem como não comentar sobre Wall To Wall, que marca o inicio de carreira de um Chris Brown bem novinho e muito, muito deslumbrado com a quantidade de garotas que tão a fim dele (todos os três minutos de música são dedicados única e exclusivamente a reportar isso). O mais engraçado? Eu tenho uma certeza quase que incontestável de que eu cantava a letra dessa música toooda errada, hoje, depois de ter re-escutado o hit apenas uma vez, meus lábios acompanhavam Chirs com as lyrics certinhas. Cérebros, vai entender...

Summer Jam - The Underdog Project 
Mais uma da época em que eu achava que techno era o melhor ritmo existente e que todos os outros estilos eram apenas uma sombra de música. Bom, falei um pouquinho já do Summer Eletrohits, né? Então, essa sequência de CDs apareceu pra mim cedo demais na vida e rapidamente fez com que eu me apaixonasse pesado por música techno estilo joguinho de tapete Just Dance (ta sentindo a vibe? Hahaha). Hoje nem sei como essa fase foi acontecer, mas se ela deixou uma coisa boa, foi essa música. 

Iris - Goo Goo Dolls 
Acho que nunca tinha percebido isso até o momento que decidi reunir essa playlist, mas as músicas dos anos dois mil são muito melancólicas! Tudo tem carinha de climax de filme, sabe? Quando o mocinho decide ir contra as convenções sociais e vai atrás da mocinha, ou quando a mocinha tem aquela grande realização e corre pra beijar o mocinho no meio da chuva. Tudo muito adolescente, tudo muito dramático, tudo muito Iris. For what its worth, apesar dos clichês acima descritos, Iris é uma música linda, cuja letra inspira como poucas. Foi a música da valsa do aniversário de quinze anos de uma grande amiga minha e, sinceramente, achei a escolha muito apropriada.
Apesar de bem grandinha, houve muita, muita, muita sintese em cima dessa playlist. São tantos hits do Lil Wayne, Florida, Escada e The Veronicas que vem a cabeça que eu estou fortemente considerando fazer uma parte 2 desse túnel musical do tempo! Afinal, como dizia o sábio: Recordar é viver!

7 comentários:

  1. Qual sua banda e musica favorita Teddy?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que pergunta difícil! Não tenho uma única banda favorita, nem muito menos uma única música. Estou numa fase muito "The 1975" e acho que Settle Down seria das minhas favoritas deles, mas isso realmente depende da época (por isso que estou sempre trazendo uma playlist nova pra vocês, pra mostrar o que que eu ando escutando no momento).
      Beijos :)

      Excluir
  2. Simple Pan <3
    Ai, eu adoro essas plays!!

    Curta:
    https://www.facebook.com/BLOGAngelP?fref=ts

    Big Kiss ;*
    www.angelpoubel.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, que bom que gostou Angel!
      Beijos :)

      Excluir
  3. Teddy você tem irmãos ? como você faz para se preparar para a semana de provas? como você se prepara?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, então, não tenho irmãos, sou filha única :)
      Sobre a semana de provas, o meu colégio, apesar de fazer provas muito difíceis, tem uma dinâmica que alivia bastante no cronograma de estudo #graçasaDeus! Hahaha
      Beijos!!

      Excluir
  4. Oi Teddy, meu nome é Amanda, sou de brasília mas moro em Londres! Venho acompanhando seu blog há alguns bons meses (já deixei muitos comentários por aqui também hahaha) e vou confessar que você foi uma das inspirações para que a ideia do meu blog saísse da cabeça e fosse pra internet! Aproveitando essa oportunidade de estar morando do outro lado do mundo, o Londres do Dia é um pouco mais focado para Londres do que para moda.. mas ficaria mais que contente se você desse uma passadinha por lá (quando eu postar um look do dia bem caprichado, te aviso! haha). Como criei essa semana, ainda estou no meu tempinho de adaptação e o blog ainda precisa de um detalhe aqui e ali! Admiro muito o seu gosto fashion, gosto musical, a forma como escreve (que cativa demais o leitor) e torço muito para o seu sucesso na blogosfera. Parabéns pelo seu trabalho e muitos beijos da sua querida leitora londrina hahaha :)

    ResponderExcluir

Esse espaço aqui é de vocês meninas! Comentei, perguntem, conversem, tricotem... pode fazer de tudo menos falar mal da blogueira hahaha :)
Beijos!